Que tal receber algumas recomendações de conteúdo personalizadas para você?

Qual seu interesse por marketing?

Tecnologia

Conheça o Social Commerce e utilize essa estratégia em seu negócio

10 junho, 2022

Nossa realidade, hoje, é bem diferente daquela de dez anos atrás, não é mesmo? Muitas coisas mudaram ao longo dos anos, principalmente no ambiente digital. Novas tecnologias, novas estratégias, novas redes sociais… E, certamente, vivemos cada vez mais dependentes delas, pois é fato que facilitam tudo em nossas vidas. 

Com tantas mudanças, é claro que a forma de nos relacionarmos também mudou. Bem como a interação entre as marcas e seus clientes e o modo de consumo de produtos e serviços.

Todo mundo sabe que as redes sociais, atualmente, além de servirem para entretenimento e comunicação, também são fortes canais de vendas. Nelas, produtos e serviços são comercializados por empresas e empreendedores que as utilizam para estabelecer um relacionamento com seus consumidores. E, para isso, surgiu uma nova estratégia, já bastante conhecida e utilizada por muita gente: o Social Commerce.

O Social Commerce já se faz muito presente nos canais digitais e vem auxiliando as marcas a realizarem vendas diversas. Quer saber como funciona essa estratégia que vem ganhando força, principalmente com a pandemia, e que faz com que as pessoas comprem on-line cada vez mais? Acompanhe este texto até o final!

O que é o Social Commerce?

Social Commerce pode ser traduzido como o comércio realizado nas redes sociais. Provavelmente você já aplicou esse conceito em seu negócio ou já foi impactado por alguma marca nas redes e realizou uma compra. Seja vendo um anúncio (mídia paga) ou de forma orgânica (pesquisando na internet ou através da indicação de amigos), as redes sociais são uma excelente fonte de pesquisa, a qual as pessoas usam bastante antes de realizar uma compra on-line ou física.

Geralmente, as pessoas utilizam a internet (hello, Mr. Google!) para se informar e tirar dúvidas sobre algum produto ou serviço que desejam adquirir, antes de efetuarem a compra de fato. E, nas redes sociais, os usuários costumam dar suas opiniões – positivas ou negativas – a respeito dos produtos que adquiriram, com o intuito de ajudar outras pessoas.

Além de buscar referências antes de comprar algo, os consumidores também avaliam nas redes sociais os itens adquiridos, informando como foi sua experiência. Esses feedbacks auxiliam bastante os usuários, definindo, muitas vezes, suas decisões. Todo esse ciclo faz parte da estratégia de Social Commerce.

A importância do Social Commerce

Conhece aquele ditado “Quem não é visto não é lembrado”? Ele combina perfeitamente com a estratégia de Social Commerce. Como atualmente todo mundo utiliza as redes sociais, as marcas precisam utilizá-las para serem vistas por seus públicos.

O Social Commerce auxilia as marcas a serem localizadas mais facilmente por seus consumidores e também ajuda os consumidores a encontrarem as marcas ideais dos produtos ou serviços que desejam adquirir.

A decisão de compra do consumidor é bastante influenciada pelas redes sociais, através dos comentários, avaliações e recomendações que os usuários publicam. E as marcas precisam interagir, produzindo conteúdo a todo momento para poder participar ativamente da vida de seus consumidores.

A preferência por compras on-line

Com a chegada da pandemia da Covid-19, alguns hábitos foram criados. Um deles foi o uso da internet para fazer compras. O isolamento social fez aumentar – e muito – o consumo on-line. A facilidade e a praticidade de comprar sem sair de casa ganhou a preferência do público.

Diante disso, as marcas precisaram reagir e ficar por dentro dessa nova realidade. Se adaptar e migrar para o ambiente digital para não perder seus clientes se fez supernecessário. Muitas empresas aprenderam a se posicionar nos canais digitais e a aproveitar os recursos disponíveis para impulsionar suas vendas.

Como funciona essa estratégia

O Social Commerce funciona como um meio de interação e relacionamento das marcas com seus consumidores através das redes sociais, o que acontece de maneira nativa e espontânea. Mas as empresas também precisam de um bom planejamento para aproveitar as oportunidades de conexão com os seus públicos, ganhando seu reconhecimento e conquistando sua confiança.

E, além de usar as redes sociais como estratégia de vendas, as marcas também devem utilizá-las para branding, ou seja, para sua autopromoção, produzindo conteúdos próprios e mantendo um relacionamento de “amizade” com a sua audiência nesses canais.

Como colocar o Social Commerce em prática?

Colocar o Social Commerce em prática é simples. Basta adentrar no mundo das redes sociais e acompanhar as tendências e notícias. É claro que seu e-commerce precisa de um site. Ter uma loja física não é necessário, mas um ambiente virtual é essencial.

Site pronto – com todas as informações sobre a empresa e seus produtos ou serviços –, é hora de estabelecer presença nas redes sociais onde seu público consumidor se encontra. As mais comuns são: Facebook, Instagram, Twitter, Pinterest, WhatsApp e YouTube.

Você estabelece presença com a criação de conteúdo frequente, perfil e informações atualizados sobre a empresa, disponibilização de catálogos de produtos, promoções, sorteios e descontos, entre outras ações.

Dessa forma, o consumidor olhará para a sua marca com outros olhos, mas, independente disso, o importante é proporcionar a ele uma boa experiência com o seu produto ou serviço, tanto antes de comprar como no pós-compra.

Vantagens do Social Commerce para o seu negócio

Você já entendeu que o Social Commerce funciona como um facilitador no relacionamento com o seu público consumidor. E, para os usuários, ele ajuda muito, por exemplo, na hora de realizar uma compra, pois a interação com outros consumidores auxilia bastante na avaliação de uma marca: se ela é confiável e se vale a pena adquirir um determinado produto ou serviço.

Por isso, é importante estar corretamente posicionado nas redes sociais para aumentar suas taxas de conversão e aquisição de clientes. Essa estratégia traz muitas vantagens. Veja algumas:

– Rede social como vitrine virtual: segmentação de público, visibilidade e alcance da marca ilimitado;

– Com base no interesse da audiência, produção de conteúdos diversificados (fotos, vídeos, links de textos em blogs e transmissões de vídeos ao vivo, como o Live Commerce, entre outros);

– Conversas mais humanizadas, personalizadas e menos robóticas com os consumidores;

– Conhecimento de eventuais problemas e resolução dos mesmos de forma mais ágil e prática;

– Custo-benefício em relação ao investimento em marketing digital;

– Aumento de forma orgânica da base de leads através de usuários vindos das redes sociais;

– Usuários mais engajados e, consequentemente, mais confiantes, tornando-se clientes fiéis; e

– Recebimento de feedbacks pós-compra, o que gera a chance de analisar as métricas e providenciar melhorias.

Agora que você já sabe o que é o Social Commerce, a importância dessa estratégia para as marcas, como ela funciona e como colocá-la em prática, que tal começar agora mesmo a utilizá-la em seu negócio? Temos certeza de que, fazendo bom uso do Social Commerce, seu público será encantado por sua marca e comprará seus produtos e serviços através das redes sociais. Quer ajuda nesse planejamento? Conte com a gente!

Newsletter VX Comunicação

Que tal receber algumas recomendações de conteúdo personalizadas para você?

Qual seu interesse por marketing?