Que tal receber algumas recomendações de conteúdo personalizadas para você?

Qual seu interesse por marketing?

Marketing Negócios

Marketing de Afiliados: por que é interessante para seu negócio

5 agosto, 2021

Atualmente, a internet pode ser vista como uma grande aliada das empresas. Afinal, os meios para se vender e divulgar produtos e serviços no ambiente online estão cada vez mais aprimorados, exigindo que os empreendedores digitais tenham conhecimento em marketing digital e saibam aproveitar as oportunidades para obter sucesso em seus negócios.

Diante das facilidades que a internet nos proporciona e das inúmeras inovações que surgiram ao longo dos tempos, hoje, todo mundo pode vender e/ou comprar qualquer coisa pela internet. Tenho certeza de que você já tentou vender ou comprar alguma roupa, um objeto ou móvel usado na OLX, em grupos de vendas do Facebook ou em outras plataformas e aplicativos de vendas online.

Vender e comprar pela internet é, nos dias atuais, uma prática fácil, bem diferente de dez anos atrás, por exemplo, quando não tínhamos aplicativos, plataformas, sites, blogs ou redes sociais. Mas uma das grandes dificuldades das empresas, apesar disso tudo, é saber como aumentar suas vendas, obtendo lucro com pouco gasto no ambiente online.

Várias estratégias de vendas surgiram e uma delas, que vem se destacando cada vez mais em todo o mundo, é o Marketing de Afiliados. Você já ouviu falar? Explicaremos neste post tudo o que você precisa saber sobre essa estratégia. Ela poderá te ajudar a aumentar suas vendas. Continue lendo e descubra como implementá-la!

O que é o Marketing de Afiliados e como ele funciona?

O Marketing de Afiliados é considerado uma estratégia de marketing digital e de vendas em que organizações se afiliam a pessoas ou a outras empresas que vão auxiliar na divulgação de produtos e serviços de terceiros na internet. Dessa forma, há uma ajuda mútua em troca de uma comissão quando uma venda é realizada em decorrência da divulgação feita pelo afiliado. Essa divulgação acontece através de anúncios em sites, blogs e redes sociais dos afiliados, com o objetivo de vender o produto ou serviço da empresa que o contratou.

Esse modelo de negócio é uma ótima alternativa para pequenos empreendedores e para quem deseja ganhar alguma renda extra na internet, pois sua implementação é relativamente simples, fácil, prática e altamente eficiente, para ambos os usuários. E as grandes empresas também saem no lucro e reduzem custos altos negociando com afiliados que podem diversificar a divulgação de seus produtos e, assim, fazer mais vendas e impactar mais clientes.

Para que essa cooperação na divulgação pelos afiliados funcione de forma efetiva, a empresa interessada cria o Programa de Afiliados, que nada mais é que um sistema que faz o controle das comissões pagas aos afiliados que realizarem vendas através de divulgação em seus sites e blogs, lojas virtuais ou redes sociais. Com isso, os afiliados acessam a plataforma, se cadastram e geram links exclusivos para serem inseridos nos anúncios que fazem dos produtos da empresa.

Dessa forma, quando alguém é impactado pelo anúncio do afiliado em seu site ou redes sociais e clica no anúncio, o usuário é direcionado pelo link até a página de vendas da empresa e, se a compra for realizada, um percentual do valor do produto ou serviço será repassado ao afiliado como uma comissão sobre a venda. Taí o porquê desse modelo de negócio ser tão interessante, tanto para as empresas quanto para os afiliados que o aderem.

As vantagens de adotar esta estratégia

Agora que você já entendeu o que é o Marketing de Afiliados e como funciona esta estratégia, vamos entender as vantagens de adotá-la. Uma das grandes vantagens para ambos (empresas e afiliados) é a facilidade para aderir a esta modalidade de negócio, considerada uma via de mão dupla.

Para as empresas, a possibilidade de ter diversos canais de vendas espalhados pela internet sem gastar com a produção de anúncios é bastante interessante. O único investimento a ser feito é no Programa de Afiliados, mas também há a possibilidade de se associar a uma plataforma já existente para garantir o comissionamento dos afiliados.

Para os afiliados, a grande vantagem é poder ganhar dinheiro na internet através de um modelo de negócio superfácil de ser implementado. Eles não precisam se preocupar com a criação de produtos, a quantidade em estoque ou os procedimentos de entrega. A única preocupação do afiliado é com a divulgação do produto ou serviço: ele deve usar a criatividade, trabalhando no convencimento para que o cliente realize a compra.

Como os consumidores na internet estão cada vez mais exigentes e mudam de comportamento o tempo todo, o afiliado também deve se preocupar em como anunciar e em como direcionar os anúncios adequadamente para que o público-alvo seja atingido. Mas tudo pode ser feito com praticidade e baixo custo, principais pontos de atração para a adesão do afiliado a esse tipo de negócio.

Tipos de divulgação para afiliados

Os afiliados fazem a divulgação de produtos e serviços em seus próprios canais na internet, como sites, blogs e redes sociais, tanto de forma orgânica (fazendo Marketing de Conteúdo para um blog, por exemplo) como através de mídia paga (fazendo anúncios direcionados ao público-alvo da empresa a que se afilia).

Existem diversas formas de divulgação que o afiliado pode utilizar. Elas podem ser negociadas entre o vendedor (a empresa) e o afiliado (divulgador). Vamos falar um pouco a respeito das principais categorias para que você possa saber mais sobre elas.

1.       CPC (Custo por Clique)

Nesta forma de divulgação, o foco está, basicamente, em fazer o cliente clicar em um anúncio feito pelo afiliado. O afiliado deve se esforçar ao máximo para conseguir fazer com que o cliente clique no anúncio. Não é necessário que uma venda seja realizada para que o afiliado receba sua comissão; basta que seus anúncios (no seu site, blog ou redes sociais) recebam cliques – ele receberá por isso.

2.       CPA (Custo por Ação)

Neste caso, clicar nos anúncios não basta para que o afiliado receba sua comissão. Além dos cliques nos anúncios, o usuário deve realizar uma ação dentro da página do anúncio, como fazer um cadastro, solicitar um orçamento ou até mesmo efetivar uma compra. Ao contrário do CPC (onde o foco é somente o clique no anúncio), o CPA demanda uma boa campanha de mídia e o esforço do afiliado em fazer com que o usuário tenha interesse em interagir com a página do seu anúncio, realizando uma ação, seja ela qual for.

3.       CPM (Custo por Mil Impressões)

Este tipo de divulgação é baseado em um valor fixo que o afiliado recebe, definido pelo anunciante, que fará o pagamento sempre que o anúncio atingir mil visualizações, independente da quantidade de cliques que receber ou se alguma ação for realizada pelos consumidores. Este tipo de divulgação é interessante para afiliados que possuem algum reconhecimento no ambiente digital, uma boa quantidade de visualizações em seus sites e boas interações em suas redes sociais, pois seus anúncios podem ser vistos sempre e, assim, serem pagos de forma recorrente.

4.       CPV (Custo por Vendas)

Como o nome já adianta, nesta modalidade, o afiliado ganha somente quando houver a realização de uma compra por parte do cliente. Ele recebe a comissão a partir de códigos ou links gerados, que associam que a venda foi feita através da divulgação de um anúncio do afiliado. A comissão é processada de forma automática.

Empresas que utilizam o Marketing de Afiliados

A estratégia de Marketing de Afiliados pode ser utilizada pelos mais variados tipos de empresas que investem em negócios na internet, como lojas virtuais, instituições de cursos online, empresas de turismo e hospedagem, desenvolvedores de aplicativos, infoprodutos e eletrônicos, bares e restaurantes, entre outros.

As empresas podem montar seus próprios Programas de Afiliados ou recorrer a plataformas de afiliados existentes para vender seus produtos e serviços no sistema de comissionamento que funciona nessas plataformas.

Como no Marketing de Afiliados os participantes são remunerados pelo desempenho dos seus anúncios, ou seja, os afiliados só recebem comissão quando o objetivo dos seus anúncios é completado, seja ele CPC, CPA, CPM ou CPV. Por isso, os afiliados são extremamente comprometidos, pois quanto mais resultados trazem para as empresas, mais vendas são realizadas e mais comissões são pagas.

Melhores plataformas de afiliados

As plataformas de programas de afiliados mais famosas e usadas atualmente são essas:

– Hotmart: considerada uma das melhores opções no mercado atual, trabalha principalmente com venda de cursos online. A plataforma disponibiliza toda uma estrutura que define os valores a serem pagos aos afiliados, com comissões que podem chegar até 80%;

– Monetizze: esta plataforma tem a possibilidade de vincular o Google Analytics e é focada principalmente na conversão de clientes. Além de organizar os produtos com os afiliados, o Monetizze possui recursos que disponibilizam informações e dados fundamentais para melhorar a conversão e, consequentemente, aumentar a comissão adquirida pelos afiliados;

– Afilio: criada em meados de 2008, esta plataforma é focada em performance – o cliente só paga após a realização de conversões de seus produtos. Isso traz mais segurança para o cliente em relação à plataforma; e

– Eduzz: com um recurso que permite recuperar abandonos ou vendas perdidas, a Eduzz é uma plataforma que não deixa passar nenhum lead pelo processo, identificando os motivos pelos quais os clientes abandonaram a compra, podendo assim, estabelecer planos para evitar isso no futuro. O pagamento é feito diretamente na conta do afiliado e a plataforma também organiza todos os documentos necessários.

Agora que você viu que o Marketing de Afiliados é uma estratégia de vendas muito eficiente e interessante para empresas que desejam aumentar suas vendas e para pessoas que desejam ganhar dinheiro, fazendo uma renda extra, que tal avaliar essa ideia para você ou para o seu negócio? Você também já sabe que o Marketing de Afiliados oferece uma série de benefícios para todos os envolvidos, então, que tal investir nele? Já pensou nisso? Caso ainda tenha dúvidas, podemos te ajudar. Entre em contato conosco!

Newsletter VX Comunicação

Que tal receber algumas recomendações de conteúdo personalizadas para você?

Qual seu interesse por marketing?