Que tal receber algumas recomendações de conteúdo personalizadas para você?

Qual seu interesse por marketing?

Negócios

Fortalecimento de marca: 5 estratégias para trabalhar o branding da sua empresa

3 janeiro, 2019

Se alguém perguntar qual a primeira marca que vem à sua mente quando se fala a cor vermelha, são grandes as chances de dizer Coca-Cola ou Ferrari, não é mesmo? Caso a frase seja “empresa de tecnologia”, a probabilidade de Google, Microsoft ou Apple se destacarem também é alta. Isso ocorre não só porque são grandes companhias, mas porque trabalham o fortalecimento de marca por meio do branding (gestão da marca).

Dessa forma, elas conseguem permanecer por mais tempo na mente das pessoas e, em boa parte das vezes, ser ligadas a alguns conceitos, como qualidade, confiança, bom serviço etc. Até mesmo com beleza e status, como ocorre com a Apple no mundo dos smartphones, e com um papel de referência em sua área, como acontece com O Boticário, em perfumaria.

Por terem um bom branding, essas empresas obtêm vantagens. Por exemplo, poder praticar preços maiores mais tranquilamente, beneficiar-se de um marketing boca a boca, ter a preferência do consumidor no lugar de concorrentes etc.

Já imaginou conquistar isso no seu negócio? Acredite, é possível. Basta aplicar estratégias de fortalecimento de marca. Por sinal, separamos 5 das principais a seguir. Confira!

1. Tenha um diferencial

Para reforçar sua marca junto ao público, ter um diferencial é importante. Pode ser um tipo distinto de serviço prestado, um extra em seu produto que a concorrência não tem, uma maneira de atender que só sua equipe sabe fazer etc.

Além disso, uma forma de obter diferencial é investindo em marketing de experiência em seu branding. Ficou curioso? Essa estratégia consiste em utilizar elementos-chave a fim de proporcionar momentos únicos para seus clientes. Para tanto, pode-se apelar às necessidades e desejos de seus consumidores.

Também dá para montar ações que estimulem positivamente os sentidos deles, como espalhar fragrâncias em uma loja, de modo que sejam associadas a ela e tornem o ambiente agradável, ou oferecer petiscos e um café torrado na hora.

No primeiro caso, temos um maior trabalho no olfato do consumidor, enquanto no segundo, está presente o paladar. Esses reforços aos sentidos costumam melhorar a sensação de bem-estar no local, contribuindo para que os clientes tenham uma experiência favorável em seu negócio.

Para saber se isso é eficiente ou não, tente se lembrar: quando foi a última vez em que se sentiu tão bem em uma empresa? Consegue listar quais elementos proporcionaram esse efeito? Provavelmente, havia alguns itens “extras” ligados aos sentidos e à promoção de uma boa experiência no local.

2. Faça um bom estudo do seu público e defina suas personas

Uma maneira de fortalecer sua marca é gerando identificação com ela. Para isso, é fundamental identificar bem o seu público-alvo e definir as personas do seu negócio, ou seja, os consumidores ideais que você deseja atender.

Sabe aquele perfil que quando você vê, rapidamente pensa: “esse é o meu melhor tipo de cliente!”? Então, ele tem grandes chances de ser a sua persona. Mas não precisa se contentar só com uma, pois dá para traçar dois ou mais perfis ideais para a sua empresa buscar atender.

Nesse caso, mapeie gostos e preferências, hábitos de consumo, itens visuais que geram maior apelo para eles etc. Dessa maneira, ficará mais fácil saber que elementos agregar à sua marca para fortalecê-la na mente deles e, assim, atraí-los para sua empresa.

3. Estabeleça um tom de voz e uma personalidade para a marca

Definir o tom de voz e a personalidade da marca é um ponto importante para que ela seja lembrada mais facilmente pelo seu público-alvo, de modo a favorecer o marketing de relacionamento do seu negócio. Isso envolve, por exemplo, os termos usados pela empresa em campanhas, posts, impressos etc. e a maneira com que seus colaboradores se dirigem aos clientes.

Nas redes sociais, temos alguns exemplos disso, especialmente no Twitter e no Facebook. É comum que marcas que querem ser tidas como descoladas participem de brincadeiras, referenciem memes e até respondam, de forma humorada, internautas em comentários.

Algumas até aproveitam para lidar com a concorrência de forma descontraída. Você se lembra de alguns casos? Para refrescar a memória, em 2015, tivemos o Giraffas aceitando um convite que o Burger King fez ao McDonald’s, que o recusou.

A proposta era para que desenvolvessem um sanduíche em conjunto a fim de comemorar o Dia Internacional da Paz, em 21 de setembro. Além de aceitar, o Giraffas ainda sugeriu nomes. A brincadeira resultou em milhares de compartilhamentos no Facebook. Uma ação descontraída, mas que trouxe grande visibilidade a ela.

4. Desenvolva uma identidade visual para a marca

Uma identidade visual faz toda a diferença na hora de reforçar a marca na mente do consumidor. Para isso, é preciso investir em um bom logo, em cores que estejam condizentes com os valores e o segmento da empresa, em designs especiais etc.

Além disso, a identidade visual deve estar sintonizada com a imagem que a organização deseja passar e com o estilo das pessoas com as quais quer se conectar. Para isso, é importante pesquisar bem o seu público, a fim de entender como ele vê o seu negócio. Pergunte ao cliente:

  • Você sentiria vontade de comprar um produto da empresa por causa da embalagem usada?

  • Quais as cores dela? Nesse caso, veja se a resposta viria fácil ou demoraria.

  • Que valores você associa a ela quando vê seus produtos e campanhas?

Essas questões ajudam a entender a percepção da marca e o que precisa ser feito em seu visual para otimizá-la. Caso contrário, você poderá achar que sua empresa atrai um público por conta de seu apelo estético, quando, na verdade, está dialogando com outro bem diferente do que deseja.

Um exemplo simples: digamos que você tenha uma consultoria de negócios que use uma logo infantil demais, com cores saturadas e efeitos brilhantes. Sabe aquele público composto de executivos que você deseja? Pois então! Dificilmente ele se identificará com o seu negócio, tampouco verá seriedade nele. Não é isso que você quer, certo?

5. Tenha ou apoie uma causa

Apoiar uma causa social, ambiental, cultural, entre outras é uma excelente oportunidade de tornar sua marca relevante. Além de agregar maior seriedade, pode atrair mais facilmente pessoas que se identificam com essa causa, tornando-as clientes engajados.

Nesse caso, você ainda poderá maximizar seus investimentos em marketing, uma vez que os próprios consumidores passarão a recomendar o seu negócio para outras pessoas ligadas à causa apoiada. Além de ganhar maior respeito e de contribuir de algum modo para o meio que o cerca, você ainda economiza. Uma estratégia e tanto, não acha?

Investir no branding é essencial para quem deseja tornar seu negócio mais conhecido e relevante em seu mercado. Além disso, o fortalecimento de marca contribui para o setor de marketing e o de vendas, pois facilita a captação de leads, já que o negócio se torna mais “visto”. Dessa forma, ele ainda consegue se diferenciar da concorrência. São muitos benefícios de uma vez!

Não perca tempo e aproveite para otimizar o seu branding por meio de materiais gráficos alinhados aos valores da sua marca e personalizados conforme a sua identidade visual!

Newsletter VX Comunicação

Que tal receber algumas recomendações de conteúdo personalizadas para você?

Qual seu interesse por marketing?