Que tal receber algumas recomendações de conteúdo personalizadas para você?

Qual seu interesse por marketing?

Marketing

O que são KPIs e por que eles são fundamentais em um negócio

17 junho, 2021

Você, como bom profissional de marketing, com certeza está sempre buscando formas de fazer sua empresa crescer e melhorar cada vez mais seus resultados, elevando também o nível de desempenho da sua gestão com os seus colaboradores. Em algum momento, você já deve ter ouvido falar na sigla KPI, não é mesmo? E até já se deparou com ela, pois, na verdade, os KPIs são indicadores fundamentais para entender o cenário em que qualquer negócio se encontra.

Por isso, é importante definir os KPIs que serão usados na estratégia de gestão de uma empresa, que definirão as expectativas de crescimento e o que pode ser feito para melhorar o desempenho no geral. O assunto pode parecer difícil, mas você vai ver que é bem tranquilo utilizar KPIs e como eles podem ajudar em um planejamento de marketing digital.

Neste post, explicamos tudo o que você precisa saber sobre KPIs, a importância de conhecê-los para saber o que está funcionando bem, o que precisa ser ajustado em um negócio e como implementá-los na gestão de equipes de empresa. Continue a leitura até o final e descubra!

Afinal, o que são KPIs?

KPI é uma sigla derivada de uma expressão em inglês: key performance indicator, que significa indicador-chave de desempenho. Trata-se de indicadores-chave que são utilizados para avaliar se determinadas ações em campanhas e estratégias de um negócio estão trazendo os resultados esperados. Eles são responsáveis por medir os desempenhos das atividades feitas para alcançar as metas estipuladas.

O primeiro passo é definir quais os KPIs que deverão ser utilizados para acompanhar a evolução das operações, sabendo os objetivos propostos, evitando, assim, desperdícios desnecessários com investimentos ou ações que não vão levar a lugar algum. Com os indicadores, é possível entender como está a situação atual de determinadas ações e dar os próximos passos.

Os KPIs podem ser representados como os números e as porcentagens que norteiam o objetivo de um negócio. Para melhor entendimento, citamos, por exemplo, uma instituição de cursos de pós-graduação em que um KPI para medir o sucesso dos cursos pode ser a porcentagem de ex-alunos inseridos no mercado de trabalho. Outro exemplo que podemos citar é uma fábrica de bebidas, em que o KPI analisado pode ser a quantidade de unidades produzidas por hora.

Tipos de KPIs existentes

Os KPIs são formados por métricas que quantificam a performance das ações, de acordo com os objetivos de uma empresa. Antes de mais nada, precisamos esclarecer as diferenças entre métricas e KPIs, pois muitos confundem os dois, mas eles não são a mesma coisa.

Métricas são todos os tipos de dados, como valor, unidade, peso, volume, porcentagem ou outro formato quantitativo, que podem ser medidos e que podem ter relevância ou não, servindo de base para os indicadores de desempenho, os KPIs.

Os indicadores de desempenho, por sua vez, também podem ser considerados métricas que se tornam KPIs. Explicando melhor: quando uma métrica se torna um dado importante a ser analisado e que influencia na tomada de decisão de um negócio, ela passa a ser um KPI. Então, pode-se dizer que um KPI é todo dado que auxilia no entendimento do processo e na medição dos resultados de uma estratégia. Desta forma, é possível acompanhar se as metas propostas estão sendo alcançadas e o que pode ser melhorado a respeito. Existem diversos tipos de KPIs, entre os quais podemos citar os seguintes:

– Indicadores de produtividade: esses indicadores avaliam a gestão de negócios, a eficiência e o rendimento de processos nas empresas. Mensuram a quantidade de recursos que uma empresa usa para produção de determinado produto e/ou serviço.

– Indicadores de qualidade: atuam junto aos indicadores de produtividade, já que auxiliam na análise de qualquer desvio ou imprevisto ocorrido durante um processo produtivo.

– Indicadores de capacidade: analisam a capacidade de resposta de um processo através da relação entre a quantidade de produção de um produto durante um determinado período.

– Indicadores estratégicos: fornecem informações sobre como uma empresa se encontra em relação aos objetivos estabelecidos. Eles disponibilizam um comparativo de como está o cenário atual e o esperado.

– Indicadores de lucratividade: caracterizam a eficiência operacional de uma empresa, informando um percentual de quanto realmente lucrou depois de quitar todas as despesas decorrentes da produção de um produto e/ou serviço.

– Indicadores de rentabilidade: disponibilizam o retorno do capital investido de uma organização e é um dos índices mais importantes de serem analisados para qualquer tipo de negócio.

– Indicadores de competitividade: fazem a relação de uma empresa com seus concorrentes.

Depois de apresentar alguns tipos de KPIs, você pôde perceber que eles são de extrema importância no dia a dia das empresas, não é mesmo? Podemos concluir que, por meio deles, os gestores conseguem identificar falhas e erros inesperados apenas observando os dados e números que podem revelar o que está acontecendo no momento. Além disso, oportunidades de negócios também podem ser identificadas analisando os dados mostrados pelos indicadores.

Como escolher os KPIs certos para o seu negócio

Para escolher os KPIs para seu negócio, é preciso analisar o mercado de atuação em que sua empresa está inserida e a realidade atual dela, isso porque um KPI pode ser necessário em um momento e, depois de seis meses, não ser mais, por exemplo.

As métricas para uma empresa pequena, que está começando agora, podem ser as de atração de novos leads, como a taxa de conversão de visitantes para leads. Já uma organização consolidada no mercado poderá avaliar a taxa de conversão de leads para clientes.

Isso quer dizer que os principais KPIs de um negócio mudam de acordo com o momento da empresa e seu posicionamento no mercado. Além disso, também é interessante fazer uma análise dos KPIs que os concorrentes estão usando em suas estratégias para saber exatamente com o que se está lidando.

Como vimos, é importante entender como aplicar os KPIs certos para que eles auxiliem corretamente no sucesso do seu negócio. Por isso, escolher os que são indispensáveis para o momento atual da sua empresa é fundamental e, ainda mais: usá-los com sabedoria.

Os tipos de KPIs que podem ser usados em seu negócio

Agora que você já sabe o que são KPIs e como usá-los para auxiliar no andamento da estratégia do seu negócio, observando o que está dando resultado e o que precisa ser melhorado, vamos ver os KPIs mais indicados para as estratégias de marketing digital.

1.       KPIs primários

Esses KPIs, na verdade, são aqueles encontrados primeiro na mensuração de resultados em empresas e os mais importantes de serem analisados primeiramente. Eles demonstram, através dos dados obtidos, se a estratégia adotada está no caminho certo ou se precisa de alterações. Alguns exemplos são: taxa de conversão, custo de aquisição por lead, tráfego, receita por compra e receita total, entre outros. Esses KPIs tornam-se indispensáveis para empresas que possuem um planejamento de marketing digital com o objetivo voltado para vendas online e física, por exemplo.

2.       KPIs secundários

Os KPIs secundários monitoram os resultados obtidos com os KPIs primários, aprofundando as análises para métricas importantes em um segundo plano. Analisando KPIs secundários, é possível acompanhar de perto as ações que estão trazendo resultados e as que não estão. Alguns exemplos: número de visitas e inscritos em um canal do YouTube, origem do tráfego em um site, assinantes de um blog, visitantes que interagiram em uma página e média de preço por transação, entre outros.

3.       KPIs práticos

Como o nome já diz, os KPIs práticos explicam os resultados apontados pelos KPIs primários e secundários, dando uma visão mais prática das métricas encontradas. Alguns exemplos são o número de visualizações em posts, o alcance de publicações, as páginas mais acessadas, as interações sociais, as palavras-chaves mais usadas e a comparação de ranqueamento no Google com outras empresas, entre outros.

Como aplicar os KPIs na prática

Como apresentado, existem muitos KPIs que podem ser usados para mensurar se as estratégias utilizadas por empresas estão trazendo resultados efetivos ou não. O mais importante, primeiramente, é definir qual ou quais KPIs serão utilizados, pois é isso que irá orientar as equipes e gestores para que não percam tempo com dados irrelevantes em campanhas.

Os KPIs devem auxiliar para que as escolhas das ações sejam inteligentes e para que não haja preocupação com o que não tem nada a ver com os objetivos propostos. Analisando os KPIs corretos, eles ajudarão as empresas a traçar o caminho adequado para atingir as melhorias que buscam.

A aplicação dos KPIs adequados precisa ir ao encontro das ideias e planos de uma organização. As estratégias devem seguir o fluxo orientado pelos KPIs para atingir o sucesso esperado, tendo como desafio encontrar o diferencial e se destacar no mercado de atuação. E, claro, cada empresa deve adaptar seus indicadores-chave para as suas estratégias e campanhas, pois eles servirão para apontar quais delas estão trazendo resultado e quais precisam ser melhoradas ou excluídas de vez.

Agora que você já sabe o que são KPIs, a importância deles para uma organização, os tipos existentes e como implementá-los em seu negócio, está na hora de botar a mão na massa e descobrir quais KPIs utilizar na sua empresa! Ainda tem dúvidas de como fazer? Não se preocupe, podemos ajudar você. Entre em contato conosco agora mesmo.

Newsletter VX Comunicação

Que tal receber algumas recomendações de conteúdo personalizadas para você?

Qual seu interesse por marketing?