Que tal receber algumas recomendações de conteúdo personalizadas para você?

Qual seu interesse por marketing?

Marketing

Reposicionamento de marca: saiba quando ele é necessário

11 janeiro, 2019

Posicionar a marca no mercado é um grande desafio que todo o negócio precisa enfrentar. Envolve muitas questões e muito trabalho também. Porém, pode chegar um dia que a sua marca precise passar por um reposicionamento!

Certamente, depois de tanto esforço, você vai pensar: “por que?”

Você sabe que com o tempo as coisas mudam, certo? Com o passar dos anos, as pessoas se transformam, a moda varia, as ideias que inspiram o ser humano mudam e até mesmo os costumes e hábitos podem sofrer uma variação. Por isso, para evitar que o seu negócio não resista a tais modificações, é preciso de adaptar. Quando isso acontece é a hora de fazer um reposicionamento de marca.

Muitas vezes você começa a ter essa percepção que está no momento ideal para a mudança quando seus resultados já não vão bem e o produto já não está mais agradando o consumidor.

Quer entender como funciona todo o processo de posicionamento de marca? Continue lendo esse post!

O que é um reposicionamento de marca?

Antes de mais nada, precisamos entender o que é exatamente o reposicionamento de marca. Em um resumo simples, pode-se dizer que é quando mudamos a imagem que queremos passar para os nossos consumidores.

Mas é importante lembrar que, apesar da adaptação que você fará na forma de se comunicar, a essência do seu negócio permanece a mesma.

Se você está se perguntando como fazer isso, continue lendo. Quando você começou o planejamento da sua empresa, você precisou definir seu público-alvo, serviços e benefícios que ofereceria para os seus clientes. Certo? Reposicionar-se significa rever tudo isso e entender como pensam hoje os seus clientes e aonde você quer chegar.

Quando é preciso se reposicionar?

É como aquele velho ditado “ninguém entra duas vezes no mesmo rio”. Com o passar do tempo tudo muda, a moda, a forma de consumo, a tecnologia e até mesmo o entendimento das necessidades e a percepção de valor. Quando você começa a perceber que seus clientes estão mudando e isso está começando a afetar seu relacionamento com eles, então é hora de pensar em mudar também!

Quer uma ajudinha para identificar alguns fatores que podem influenciar essa decisão? Presta atenção na lista abaixo:

Indicadores internos

  • Alteração de segmentação de mercado
  • Entrada em novos mercados
  • Fusão ou aquisição
  • Modificação da proposta de valor
  • Mudança de estratégia

Indicadores externos

  • Alteração no comportamento do consumidor
  • Crises
  • Identificação de oportunidades
  • Novas prioridades no mercado
  • Mudança de demanda
  • Surgimento de outros concorrentes no mercado

Mas por onde começar?

Certamente, a primeira coisa que vem a sua cabeça é: “mas foi tão difícil chegar até aqui, agora eu vou ter que fazer tudo de novo e nem sei por onde começar!”. Não é mesmo? Fica tranquilo que a gente te ajuda!

Antes de mais nada, ao pensar na mudança, a primeira iniciativa a ser realizada é uma pesquisa sobre o seu público-alvo: quem é ele, como se comporta, do que gosta, quais são seus hábitos de consumo? Com o resultado desses e de outros questionamentos, você consegue montar a sua buyer persona. Com ela em mãos, você pode seguir para o próximo passo!

Agora é hora de entender o mercado, seus concorrentes, seus pontos forte e fracos, assim como suas ameaças e oportunidades. Nesse momento, uma ótima dica é elaborar uma matriz SWOT.

Aí sim, com todos esses detalhes em mãos, você vai conseguir começar a desenhar um esboço de como você deseja se posicionar e dessa forma pode começar a montar seu planejamento de como chegar lá.

Como você vai transmitir essa mudança? Que estratégias você vai adotar? Para passar a mensagem correta para o público, é preciso alinhar toda a sua comunicação. Afinal, nada pior do que uma campanha que não impacta positivamente o público. Você perde dinheiro, tempo e ainda pode perder credibilidade. Imagina! Por isso, é tão importante contar com uma equipe coesa e preparada para esse momento de virada de chave.

4 dicas para você não errar na hora de se posicionar

Analise o mercado

Entender como está o mercado é um passo crucial tanto para quem deseja se manter quanto para quem visa realizar algum tipo de mudança em sua empresa, em especial um reposicionamento. É preciso saber onde estamos e para onde queremos ir. Agora é o momento de fazer isso para saber se vale realmente a pena entrar nessa empreitada.

Por isso, não deixe nada de fora:

  • Como o seu negócio chegou até aqui?
  • Quais são seus pontos fortes?
  • Você conhece os seus pontos fracos?
  • O que os seu concorrentes estão fazendo?
  • Como está o seu mercado? Existem crises?
  • Quais são os perigos externos para sua empresa?
  • Que oportunidades podem surgir?
  • Por que o seu posicionamento anterior (ou atual) não é mais funcional?
  • Por que é preciso mudar de posicionamento?
  • Como você pretende se posicionar?

Quem é o seu público?

Já que você sabe que é hora de mudar para acompanhar o ritmo do seu consumidor, uma das ações que você deve tomar é conhecê-lo melhor:

  • Quem é esse consumidor?
  • O que ele faz?
  • Como ele consome?
  • Quais são seus desejos?
  • Que expectativas ele tem?
  • Onde ele está?
  • Do que ele gosta?
  • Quais são seus anseios?
  • Como ele fala?
  • Que tipo de música ele houve?
  • Quais são seus hobbies?
  • Por onde ele circula?

Uma ótima maneira para entender o perfil do seu consumidor é fazendo uma pesquisa e montando uma buyer persona.

Planeje, planeje e planeje!

Nada vem sem muito esforço, por isso o segredo de todo case bem sucedido é o planejamento e a mão na massa. Então planeje muito! Parar para analisar e desenhar cada passo é muito importante. Não encare isso como perda de tempo! É um investimento que você está fazendo.

Se o seu fornecedor de confiança disse que a implementação do processo vai demorar 60 ou 90 dias não se assuste! Sua marca não chegou aonde está do dia para a noite, não é mesmo? E para ela ir para onde você deseja, é necessário muita pesquisa e trabalho. Além disso, é importante entender que alguns resultados só vêm a longo prazo. Por isso, crie metas de curto, médio e longo prazo. E vibre com cada conquista!

Anuncie a novidade

Quando a gente termina algo que gosta muito é hora de contar para todo mundo, certo? Então, com a ajuda do seu planejamento de mídia, é hora de anunciar a novidade!

Não esqueça que nessa hora não é o momento de medir esforços. Então invista mesmo!

Mão na massa!

Já está decidido? Então é hora de colocar o planejamento em prática!

Não esqueça que é muito importante construir uma identidade visual sólida, que reflita tudo o que você quer passar para o público! Além disso, suas boas novas devem estar alinhadas também ao que o seu público espera.

Para que isso tudo dê certo, é necessário contar com uma equipe de especialistas no assunto! Lembre-se, especialmente nessa hora, que o barato pode sair muito caro!

Mãos à obra e boa sorte!

Newsletter VX Comunicação

Que tal receber algumas recomendações de conteúdo personalizadas para você?

Qual seu interesse por marketing?