Que tal receber algumas recomendações de conteúdo personalizadas para você?

Qual seu interesse por marketing?

Marketing

Memes: um ótimo aliado na sua estratégia de marketing digital

1 agosto, 2019

O brasileiro é conhecido mundialmente por seu senso de humor e criatividade. Não é a toa que fomos os responsáveis pela criação do primeiro museu de memes do mundo. Com a crescente onda das redes sociais, a diversão tornou-se uma tática adotada por muitas empresas.

Como já era de se esperar, o marketing digital não ficou fora dessa, e os memes passaram a ser uma importante estratégia no marketing de conteúdo. Afinal de contas, eles geram engajamento e demonstram empatia ao se conectar de forma única com seu público-alvo.

Na prática, os memes nada mais são do que imagens, fotos, vídeos ou frases que foram recriadas ou que ganharam um novo significado com contexto engraçado, e se espalharam e foram compartilhados na internet com muita facilidade. 

E então, preparado para entender como eles podem dar aquele empurrão essencial na sua estratégia de marketing online? Basta acompanhar esse post!

Como surgiram os memes?

Os memes existem antes mesmo da popularização da internet, apesar da maioria das pessoas acharem que a ideia de memes surgiu há poucos anos atrás.

Isso porque em 1976, o autor e biólogo Richard Dawkins já usava o termo “meme” em seu livro “O Gene Egoísta”, para se referir a propagação de ideias entre as pessoas. 

O autor retirou o termo “meme” da palavra grega “mimeme”, que significa imitação. Isso porque, de acordo com o autor, os memes são como uma unidade de transmissão cultural, ou seja, as pessoas passam a compartilhar assuntos, de maneira que se o próximo tiver interesse no assunto, ele imita o processo e compartilha novamente.

O cientista associa ainda os memes aos genes, pois da mesma forma que eles vão se propagando pelos nossos antepassados até chegar a nós, os memes vão se espalhando e se multiplicando entre as pessoas. Então, sim, “meme” já existia antes do boom da internet! Na web, os memes começaram a circular da forma que conhecemos hoje somente na década de 90.

Por que usar memes na sua estratégia?

Você já sabe que os memes geram empatia, sendo essa a base da comunicação. Essa conexão, por meio da brincadeira, gera descontração e ajuda na criação de uma relação de confiança e intimidade com os usuários. Todo esse cenário se torna propício para aproximar as marcas de seus consumidores, aumentar o engajamento e finalmente transformar simples usuários em clientes fiéis.  

Saiba como usá-los!

Antes de optar em começar a usar os memes nas suas redes sociais, é preciso tomar alguns cuidados. É necessário averiguar em que área sua empresa está inserida e como ela dialoga com seus usuários. Se marca é descontraída e inovadora, como a Netflix, por exemplo, essa estratégia pode te beneficiar e muito. Mas se você trabalha com o segmento classe A, com venda de jóias, por exemplo, não cabe esse tipo de brincadeira, pois não é o perfil dos seus clientes e muito menos da comunicação da sua marca. 

Acompanhe agora três dicas que você deve levar em consideração antes de começar a aplicar os memes na sua estratégia:

Contexto

Como sabemos, a internet não perdoa. Ela pode ser uma ótima aliada, porém se usada de maneira equivocada, pode causar sérios problemas. Se você tá pensando em usar um meme, verifique se ele está de acordo com seus objetivos e com o seu público-alvo.

Para entender na prática, observe essa situação. Em Dezembro de 2016 seria lançado o filme “Sully – O herói do rio Hudson”. Ele conta a história de um piloto que é responsável por salvar um avião de um grave acidente em Nova York. 

Uma semana antes do lançamento, ocorreu a queda do avião do time de futebol Chapecoense. Diante de tamanho choque e comoção do país com o ocorrido, a Warner Bros, distribuidora do filme, percebeu que a estreia deveria ser adiada.

A data foi remarcada para duas semanas a frente, e apesar de parecer uma atitude somente comercial, ela também pode ser interpretada como um ato de respeito. Esse é um bom exemplo de como analisar a questão do contexto no qual o conteúdo será lançado.

Por isso, saber analisar a situação e conteúdo de cada publicação é muito importante para garantir a integridade da imagem de sua empresa.

Perfil da marca e o público

Se você já trabalha com marketing digital, então certamente tem uma brand persona bem definida. Esse é o momento de avaliar se ela combina com um estilo mais descontraído e descolado para o uso de memes ou não. 

Além de analisar o perfil da empresa, é importante também conhecer como se comportam os seus seguidores, ou seja, seu público-alvo: que tipo de conteúdo eles interagem e compartilham? Em qual canal estão mais presentes? Pensar nessas questões ajudará a trilhar a sua estratégia no caminho certo e a evitar erros.

Timing

O timing é o sucesso para o uso de memes. Pense nos memes como: “levanta a cabeça princesa, senão a coroa cai” ou o “é verdade esse bilete”, na época eles viralizaram, mas agora, mal ouvimos falar deles.

Para inovar com o uso dos memes, é importante que sua equipe esteja sempre monitorando as tendências, ou seja, as hashtags do momentos, os trending topics e demais conversas quentes no ambiente das mídias sociais.

Portanto, ao encontrar um conteúdo que está viralizando, veja se ele se encaixa no seu negócio e trate de adaptá-lo ao seu contexto, enquanto o assunto ainda está em alta.

Casos que fizeram sucessos

Existem diversos cases de sucesso circulando pela internet, afinal de contas, a cada dia, surge um novo meme, mas nós separamos alguns deles para exemplificar melhor.

Netflix

Quando falamos de casos de sucesso no marketing digital, não podemos deixar de citar a Netflix. A popular plataforma de streaming é a principal referência de marcas que utilizam um tom descontraído na sua comunicação.

Xuxa, Gretchen, Valesca Popozuda, Inês Brasil e até mesmo Sandy entraram na onda e participaram de esquetes para promover séries como “Orange Is The New Black”, “La Casa de Papel” e “Stranger Things”. Quer conferir uma delas? Clique aqui.

Ações como essas criam uma aproximação entre a empresa e o público e só tem resultados positivos a oferecer.

Giraffas

A rede de fast food é famosa por seus memes nas redes sociais, mas uma das suas melhores sacadas ocorreu na época em que o Bob’s perdeu o direito de uso da marca do Ovomaltine para seu concorrente McDonald’s. 

Na época, as duas marcas começaram a travar uma guerra de memes referentes a situação. Enquanto o McDonald´s comemorava a aquisição do Ovomaltine, o Bob’s continuava se reafirmando como o original, mesmo sem poder mencionar a marca do ingrediente principal. O que o Giraffas fez? Aproveitou que não estava diretamente envolvido na disputa e criou a oportunidade perfeita para também chamar atenção. Confira abaixo:

Resultado de imagem para giraffas usa memes

Cemitério Jardim Ressurreição

Pode parecer macabro ter um cemitério como referência de memes, mas o Jardim Ressurreição conta com mais de 160 mil seguidores e ganhou até um apelido carinhoso: “Cemi”.

Localizado em Teresina, Piauí, a marca passou a ficar conhecida em 2015, quando passou a utilizar uma linguagem mais descontraída e engraçada. Um dos seus posts de maior sucesso, foi sobre a apropriação do meme “se juntas já causam, imagina juntas” para anunciar uma promoção de jazigos com três gavetas. Confira abaixo:

O sucesso da marca é tanto, que em 2017 eles ganharam o Grand Prix no primeiro prêmio do Social Media Week SP, tirando primeiro lugar nas categorias de Aplicabilidade, Impacto, Inovação e Resultados. 

Os resultados não param por aí! Dados fornecidos pela empresa alegam diminuição na taxa de rejeição e aumento de vendas de 40% após a mudança na comunicação das redes sociais.

Com tantas dicas e exemplos para se inspirar, que tal avaliar se essa estratégia não pode ser usada na sua empresa? Se bater dúvida, conte com a gente para ajudar!

Newsletter VX Comunicação

Que tal receber algumas recomendações de conteúdo personalizadas para você?

Qual seu interesse por marketing?