Que tal receber algumas recomendações de conteúdo personalizadas para você?

Qual seu interesse por marketing?

Marketing

Cuidados que você deve ter com suas listas de e-mail marketing

14 fevereiro, 2019

Muita gente acredita que o e-mail marketing não é uma solução para grandes campanhas. Se você é uma dessas pessoas, é melhor se atualizar para não perder essa onda que pode fazer muita diferença na sua estratégia!

Você sabia que o e-mail marketing é considerado por especialistas como um dos melhores canais para a geração e conversão de leads e conta com um dos maiores retornos sobre investimento do mercado?

Segundo a pesquisa feita pela Per Research, mais de 90% das pessoas classificadas na idade adulta no mundo contam com uma conta de e-mail. E 61% deles acessam suas caixas de e-mail todos os dias.

Esse é um meio perfeito para que você consiga alcançar seu público-alvo. Além disso, é possível entrar em contato direto com uma audiência altamente qualificada e que esteja interessada em seu produto ou serviço! E se você for levar em consideração o custo-benefício, então, vai ver que certamente é uma grande vantagem investir nessa ferramenta.

Se o e-mail marketing é tão importante para a sua estratégia, a lista de e-mails para os quais você vai enviar seu conteúdo pode ser considerado o grande segredo para o sucesso do seu negócio, sabia?

Por isso, para você ficar por dentro de todos os cuidados que você e sua equipe devem tomar com a sua preciosa lista de e-mails, preparamos esse post especial. Então, acompanhe todas essas dicas e arrase nas suas campanhas de e-mail.

Aproveite ao máximo o potencial do seu mailing

Um dos principais erros cometidos por quem gerencia a lista de e-mails é justamente não realizar a manutenção da mesma, a fim de mostrar todo o potencial que esses contatos podem oferecer.

Por isso, para te ajudar a ter certeza de quais são as melhores práticas de e-mail marketing, fizemos uma seleção especial para você. Acompanhe:

Nunca, jamais, em nenhuma hipótese compre listas de e-mails

Pode ser muito tentador alguém te oferecer uma lista de e-mails que possívelmente está segmentada e cheia de contatos que podem estar interessados em seu produto ou serviço. Mas não caia nessa, pois pode acabar completamente com toda a sua estratégia!

Não adianta achar que comprar uma lista enorme vai resolver seus problemas, acreditando que no meio de tanta gente alguém pode se interessar pelo seu negócio. Muito pelo contrário, você pode acabar queimando o seu filme com várias pessoas que poderiam ser seus clientes se você não fosse tão intrusivo, ou até mesmo poupar-se de encher a caixa de e-mail de várias pessoas que não pediram para assinar a sua lista e, que, certamente, marcarão seu endereço como spam.

Essas pessoas não demonstraram nenhum interesse em sua empresa, produtos ou até mesmo serviços. Elas não pediram para entrar no seu mailing e com certeza não fazem ideia de como você conseguiu chegar até ela. Por isso, suas mensagens vão incomodá-las certamente. Assim, além de enviar suas mensagens para o spam, seu e-mail pode cair em serviços de e-mail como uma blacklist! Olha o problema aí. Você pode ficar marcado por isso e resolver esse dilema não é nada fácil.

E como se não bastasse, a pessoa ainda pode postar nas redes sociais e dizer o quão inoportunos seus envios são e que ela não havia pedido para receber nada! Imagina como fica a sua reputação!

Crie sua própria lista

O maior e mais valioso bem que você pode ter para uma estratégia de e-mail marketing é uma lista própria que foi criada por você, no qual as pessoas pediram efetivamente para receber seus e-mails.

Por isso, coloque várias iscas para captar novos e-mails. Insira formas de se inscrever no seu site, no seu blog, em suas landing pages, crie campanhas e sempre disponibilize uma forma para que a pessoa possa assinar sua newsletter.

Qualifique sua lista

Certifique-se que todas as pessoas que estão na sua lista realmente conhecem a sua empresa e te deram autorização para que você envie e-mails para ela.

Assim, tanto a sua taxa de abertura quanto de cliques tendem a aumentar bastante, uma vez que o seu público realmente está interessado no que você tem a dizer.

Conquiste seu lugar

Contar com uma lista bem qualificada é um vantagem competitiva enorme, uma vez que seus concorrentes estão exatamente atrás das pessoas com as quais você já está mantendo um contato e criando um relacionamento.

E se você consegue firmar o relacionamento do seu lead com a sua empresa, especialmente, na hora de tomar a decisão de compra, a sua marca estará em seu top of mind. Que sonho, não é mesmo?

Atraia seus clientes

Contando com uma boa estratégia de captação de contatos, principalmente estruturando um bom planejamento de marketing de conteúdo, você vai conseguir atrair mais pessoas para sua lista.

Por isso, abuse de conteúdos que dialoguem com seu público-alvo e que façam sentido para ele. Assim, você garante que está gerando assuntos relevantes e que quando precisar de um serviço ou produto do seu setor, esse prospect escolherá sua empresa.

Adote uma rotina de higienização da sua base

Com o tempo, as pessoas podem, por algum motivo específico, mudar de e-mail, deixar de ser parte do seu público-alvo ou até mesmo perder o interesse no que o seu produto tem a dizer por inúmeros motivos. E continuar recebendo seus e-mail sem nenhum interesse com certeza vai começar a ficar chato, não é mesmo? Por isso, saia na frente e evite que as pessoas precisem te marcar como spam ou que você já comece ir automaticamente para a lixeira dela. Para isso, faça uma higienização da sua base periodicamente.

Assim, garanta que você consiga deixar na sua base quem realmente está interessado pelo seu negócio e não tenha medo de remover e-mails que não são mais válidos ou que realmente não tem nenhuma relevância para o seu negócio. Assim, você consegue assegurar que a sua lista tenha uma boa reputação e a entregabilidade dos seus disparos esteja sempre alta.

Aproveite para anotar essas dicas para higienizar a sua lista de e-mails:

Elimine os hard bounces: quando um e-mail da sua lista aparece como hard bounce significa que ele é considerado inválido, pode ser porque ele realmente deixou de existir, que foi indicado de maneira errada propositalmente ou até mesmo sem querer por algum erro de digitação. Mas o motivo não importa muito: uma vez que ele não existe e não entregará uma mensagem para alguém, ele não deve estar na sua lista. Não é mesmo?

Cuidado com os soft bounces: os e-mails considerados soft bounces são válidos, porém não conseguiram ser entregue por algum motivo, um deles pode ser que a caixa esteja cheia. Acompanhe esse grupo e veja se isso é recorrente e se faz sentido contar com ele no seu mailing.

Corra das reclamações de spam: aquela pessoa não pediu para assinar sua newsletter, então ela não deveria estar recebendo suas mensagem. Por isso, nunca compre uma lista! Além disso, sempre é possível que o usuário consiga marcar seus e-mails como spam. Isso certamente prejudica o seu score junto às ferramentas de e-mail. Por isso, faça de tudo para que uma pessoa não te dê essa flag.

Deixe o descadastramento sempre bem visível: é horrível você querer sair de algum lugar e não conseguir, não é mesmo? É a mesma coisa quando você não quer ser mais importunado com uma mensagem. Por isso, deixe a pessoa livre e em todos os e-mails que enviar, mantenha sempre bem visível um link para descadastro que funcione. Assim, você deixa um canal de comunicação aberto, afinal se a pessoa quiser te encontrar novamente, ela saberá onde. E dessa forma, você também evita que ela te marque como spam, o que é bem prejudicial para a sua reputação.

Cuidado com registros falsos

Você com certeza sabe que existem vários programas que são capazes de realizarem ações falsas na internet. Conhecidos como spambots, esses robôs são capazes de realizar comentários em blogs e submeter formulários de contatos e de newsletter.

Por isso, para não cair nessa armadilha, sempre se certifique de tomar medidas para prevenir que sejam realizados registros falsos. Uma forma de fugir disso, é instalando um teste chamado de CAPTCHA ou algum outro equivalente. Esses sistemas te ajudam a ter certeza que realmente é uma pessoa que está realizando a inscrição.

Segmente sempre

Você pode ter diversos tipos de produtos e serviços, certo? Mas nem todo lead que se interessa por um serviço vai se interessar por outro. Isso é bem óbvio, não acha? Por isso, deixe que ele escolha o que ele quer receber e entregue exatamente o que ele pediu.

Atualmente acabou a era que você empacota um único molde para todo mundo. É preciso personalização e segmentação. Por isso, se o seu lead gosta do item X, apresente para ele sempre conteúdo relacionado a isso. Nada de ficar enviando e-mails gerais que não engajam, ou você acabará correndo o risco de cair no spam.

Abuse de ferramentas de produtividade

A tecnologia está sempre a seu favor, trazendo inúmeras ferramentas para facilitar o seu dia a dia. E com o e-mail marketing não é diferente. E para te ajudar ainda mais, fizemos uma listinha com elas! Aproveite:

Ferramenta de limpeza de base

Uma das boas práticas de uma estratégia de e-mails bem definida é realizar a limpeza da base de maneira periódica, certo? Por isso, mantenha sempre a sua lista higienizada e livre de e-mails inválidos ou de pessoas que não querem receber seu conteúdo. Assim, você garante resultados muito melhores em cada campanha e chances de conversão mais altas ainda. Para isso, o mercado conta com excelentes ferramentas que vão te ajudar a validar esses e-mails. Pesquise bem e fique ligado!

Ferramenta de análise de entregabilidade

Para que a sua campanha funcione mesmo, ela precisa ser entregue. Pensando nisso, foram desenvolvidas ferramentas especiais que analisam a entregabilidade da sua campanha. Por isso, adote uma ferramenta para fazer essa análise da sua campanha e entender se tudo está fazendo sentido para o seu negócio e o seu planejamento.

Ferramenta de análise da qualidade do e-mail

Você deve estar pensando: “mas existe de tudo” e, com certeza você acertou. Existe mesmo! E uma boa ferramenta para te ajudar a entender se o planejamento da sua campanha está sendo bem executado é as de análise de qualidade do e-mail. Ela será essencial para te ajudar a entender o que funciona e o que precisa ser mudado. Bem legal, não é mesmo?

Aplique e reinvente-se

É sempre muito importante está antenado nas melhores práticas do mercado. Então, não importa o que você esteve fazendo até agora. Reveja a sua estratégia conscientemente e coloque para funcionar aquilo que vai efetivamente fazer sucesso. Para isso, não esqueça de definir KPIs para as suas novas metas.

Se você gostou desse texto, deixa um feedback para gente nos comentários e diga que tipo de conteúdo você tem dúvidas e que a gente poderia fazer um post para te ajudar aqui no blog.

Newsletter VX Comunicação

Que tal receber algumas recomendações de conteúdo personalizadas para você?

Qual seu interesse por marketing?