Que tal receber algumas recomendações de conteúdo personalizadas para você?

Qual seu interesse por marketing?

Marketing

Como uma brand persona pode transformar sua marca

11 julho, 2019

Uma marca é muito mais do que um logo com cores bem escolhidas e uma tipografia bonita. Ela é aquilo que o público entende dela.

Se você acha que a marca está ligada somente a características visuais e estéticas, você está muito enganado. Para que o público veja sua marca como você deseja, a sua comunicação tem que ser repleta de significados, valores e história.

É crescente o comportamento de consumidores que só compram produtos ou serviços de marcas que acreditam e compartilham os mesmos valores que os seus. Por isso, uma comunicação integrada é muito importante.

É nessas horas em que o planejamento mostra a sua importância, pois é necessário definir com quem vamos falar, onde e como. Um elemento chave que poderá te ajudar a criar essa consistência na forma de se expressar, é a criação de uma brand persona. Quer saber mais sobre esse assunto? É só continuar a leitura!

O que é uma brand persona e sua qual a sua importância?

A brand persona é uma personagem criada para representar a personalidade e a voz da sua marca, através dos valores em que sua empresa é pautada. Seu objetivo está em deixar a marca mais humanizada e interagir com o público de maneira mais natural.

Construir uma brand persona ajuda a equipe de marketing a guiar o relacionamento com público nas redes sociais, no SAC, e-mails e anúncios. É importante que todos os representantes diretos da marca estejam na mesma sintonia e saibam como se posicionar frente aos clientes, a fim de transmitir sempre o mesmo tom de voz, ações, valores e estilo.

Todo esse mapeamento ajuda na criação de ações que despertam o interesse, admiração e engajamento do público, fazendo com que a marca consiga se conectar com uma audiência semelhante a ela, e logo, influencie seus potenciais consumidores a tornarem-se fiéis e embaixadores da marca.

Como montar a sua brand persona?

O primeiro passo consiste em fazer um estudo detalhado da história da sua empresa, os valores, objetivos, diferenciais e, é claro, entender o seu público-alvo. Esses fatores podem indicar peculiaridades que farão muita diferença na construção de conteúdos e nas demais ações de marketing.

Com essas informações em vista, você precisa imaginar a sua marca como uma pessoa real. Pode parecer bobagem no início, mas já vimos que uma brand persona é capaz de garantir um diferencial competitivo no mercado.

Para estruturar seu personagem, separamos algumas perguntas que vão te ajudar a nortear sua criação:

  • É homem ou mulher?
  • Quantos anos tem?
  • Qual sua ocupação?
  • Que tipo de tom usa para se comunicar?
  • É mais formal ou informal?
  • Quais assuntos chamam a sua atenção?
  • Qual impressão quer passar através dos seus contatos?

Um erro bastante comum é a criação da brand persona baseada em algum líder da empresa. Fique atento a essa questão, pois nem sempre a melhor representação da marca é o espelho da personalidade de um CEO, por exemplo.

Afinal, a identificação pela brand persona de uma marca pode promover um vínculo emocional entre a empresa e seus clientes. Assim, quando alguém está em dúvida entre produtos com funcionalidades e preços parecidos, é muito provável que a decisão seja feita pela identificação pessoal com uma das marcas. 

Para finalizar, tenha sempre em mente sua brand persona na hora de escrever os posts para seu blog, redes sociais e respostas ao SAC. Assim, seus conteúdos serão mais personalizados e aproximarão marca e público.

Case de sucesso

Separamos para vocês alguns exemplos de empresas que souberam utilizar a ideia de brand persona com êxito. Repare que elas podem ser feitas de diferentes maneiras, às vezes através de um alter ego, outras por meio de um mascote ou até mesmo focando somente no tipo de linguagem utilizado.

Ponto frio

Foi uma das primeiras empresas do ramo de varejo no Brasil a utilizar bem as estratégias de brand persona no Twitter. 

A empresa optou colocar toda a sua identidade no seu mascote Pinguim. Ele interage com os clientes oferecendo ofertas e solucionando problemas de maneira rápida, eficiente e divertida. O mascote é tão descolado que até possui uma namorada, fala de assuntos do momento e ainda apresenta um tipo de linguagem própria, chamando seus usuários de Pinautas. 

O pinguim é tão popular que já chegou a vender R$20 milhões em um ano sem nem precisar investir em anúncios.

Magazine Luiza 

É uma das maiores varejistas do mercado e vem se destacando com o uso da Lu, o alter ego da marca que é inspirada na sua fundadora, Luiza Trajano. 

A assistente virtual interage com o público tirando dúvidas na loja virtual, de maneira simpática e prestativa. Além de ser a voz do e-commerce, a Lu possui um portal de dicas e interage na página do Facebook da marca, divulgando promoções e gerando engajamento.

Netflix

Um dos casos mais bem sucedidos da atualidade, a Netflix não se apropria de alter ego e nem de mascote. Somente através de uma linguagem própria, é capaz de gerar resultados surpreendentes.

Com uma personalidade ousada, sem preconceitos e engraçada, a Netflix é a campeã dos cases de sucesso. A inovação está por todos os lados, desde suas parcerias com celebridades para divulgação dos teasers bem humorados sobre seus lançamentos, até suas postagens e respostas aos usuários. Não é a toa que eles se tornaram referência em plataforma de streaming de vídeo no Brasil.

Depois de tantos argumentos você não vai ficar de fora né? Comece já a pensar na sua brand persona e entre em contato com a gente caso precise de uma forcinha!

Newsletter VX Comunicação

Que tal receber algumas recomendações de conteúdo personalizadas para você?

Qual seu interesse por marketing?