Que tal receber algumas recomendações de conteúdo personalizadas para você?

Qual seu interesse por marketing?

Marketing

Aumente suas vendas com o Google Shopping

13 dezembro, 2019

O acesso facilitado à internet fez com diversas empresas passassem a investir nos e-commerces, aumentando a oferta e a facilidade para aqueles que desejam fazer suas compras online.

Pensando nesse desafio, é necessário se fazer presente! E quando uma loja é nova, ela ainda não possui uma audiência própria e nem reconhecimento de marca para caminhar organicamente. Desta maneira, o Google Shopping chega como um aliado fundamental para tornar sua marca conhecida.

Aumente suas vendas com Google Shopping

O que é o Google Shopping?

É uma das ferramenta de comparação de preços mais usadas no mundo. Ele possui funcionalidades muito semelhantes ao Buscapé e o Zoom, a diferença é que permite uma integração direta ao Google, ou seja, dependendo da busca feita, os produtos do Google Shopping podem aparecer nos resultados patrocinados de pesquisa.

Além disso, o Google Shopping também possui sua própria página e lá é possível procurar produtos de acordo com uma categoria, marca ou usar o campo de busca para fazer uma pesquisa.

Para usar a ferramenta no seu e-commerce, é necessário ter uma conta no Google Merchant Center e outra no Google Ads, para que seja possível realizar a integração entre as duas plataformas e anunciar na rede de pesquisas do Google.

O Google Merchant Center é o local onde será hospedado o feed de produtos, ou seja, os detalhes dos seus produtos organizados em um formato legível para o Google.

Já o Google Ads é onde seus anúncios estarão. É lá que você irá definir orçamentos, lances, obter insights e fazer otimizações com base nos desempenhos de seus resultados.

Por se tratar do buscador mais usado no mundo, anunciar no Google é fundamental para adquirir visibilidade e aumentar a capacidade de atrair novos clientes. Pois pense só, uma vez que o usuário faça uma busca de um item que seja parte do mix de produto da sua loja, ele passará a se tornar um potencial cliente.

Só para que você tenha noção do potencial dessa ferramenta, no primeiro trimestre 2017, o Google Shopping foi responsável por 52% da parcela de cliques dos varejistas. Isso marcou a primeira vez que os cliques de compras excederam os cliques de texto na rede de pesquisa. 

Quais as vantagens para sua loja?

A primeira vantagem que vem em mente é a visibilidade alcançada através do Google Shopping, mas elas não param por aí. Por isso, separamos algumas para você!

Aumento do tráfego

Os produtos do Google Shopping são sempre os primeiros a serem exibidos nos resultados de busca, portanto, é natural que eles atraiam um maior interesse do público. Esse acesso rápido e fácil aos preços e imagens é um grande gerador de aumento de tráfego na sua loja virtual.

Leads mais qualificados

Se uma pessoa pesquisa por um produto, é porque, no mínimo, tem um interesse de compra, não é mesmo? Isso significa que ela está em estágios mais avançados do funil de vendas, e nessa fase, elas precisam de poucas informações para dar continuidade a tomada de decisão.

Ao ele ter acesso ao preço, foto, loja, parcelas e até às avaliações de outros clientes, ele poderá decidir se o produto corresponde ou não às suas expectativas.

Você concorda que se já existe o desejo de compra, já teve acesso ao preço e condições de pagamento, se esse usuário clicar no anúncio, ele é um lead qualificado com interesses reais? Nesse caso, continue nutrindo-o através de campanhas de retargeting e não perca a possibilidade de converter.

Mais conversões

Se você praticar preços competitivos ao mercado, a tendência é que as vendas sejam cada vez maiores, pois os visitantes que chegarem até sua loja por meio do Google Shopping, já estarão em uma fase ainda mais avançada do que quando iniciaram a pesquisa.

Dicas para uma boa performance

Agora que você já entendeu como funciona o Google Shopping e os seus benefícios, vamos apresentar quatro dicas de como conseguir atingir bons resultados:

Ficar de olho na concorrência

Monitore sempre os preços e condições de pagamento que são praticados pela concorrência e avalie a qualidade dos anúncios. Essa prática irá ajudar a modelar a sua estratégia sempre de modo a deixá-la mais atrativa aos usuários.

Fazer promoções

Se destaque entre os demais anunciantes criando promoções. Por se tratar de um comparador de preços, o valor e as formas de pagamento serão as informações decisivas para influenciar a tomada de decisão do consumidor.

Dessa forma, invista em promoções para que quando os produtos forem exibidos ao lado dos concorrentes, o preço seja um diferencial positivo da loja virtual.

Fornecer informações completas

É muito importante usar um feed de produto atualizado e completo, pois quanto mais informações você disponibilizar, melhor será a correspondência com as pesquisas realizadas pelos usuários. Portanto, não deixe de adicionar informações como:

  • descrição da mercadoria;
  • imagens dos produtos;
  • páginas de destino no e-commerce;
  • preços;
  • número de parcelas;
  • estoque do produto;
  • URLs das imagens principais e complementares;
  • informações técnicas, como medidas e dimensões;
  • data limite para exibição da oferta;
  • categorização da mercadoria de acordo com Google e com a loja.

Esses são os principais dados solicitados pela ferramenta, mas outros campos podem estar disponíveis, sendo relevante preenchê-los corretamente.

Trabalhe o remarketing

Para um e-commerce, trabalhar o remarketing é essencial. Com ele é possível impactar os usuários em diferentes fases do funil, já que nem sempre ele fará a compra no primeiro momento. 

Através do remarketing, é possível exibir os produtos específicos que eles visualizam no site. Esses produtos são extraídos do feed do Google Merchant Center e inseridos nos anúncios gráficos. E como o Google Shopping atrai visitantes mais qualificados, seu remarketing, feito com base nesse tráfego, pode ser mais eficiente.

Já deu pra perceber que o Google Shopping é uma plataforma que tem muito potencial de trazer retornos excelentes, né? E quando alinhado com outras estratégias de mídia paga, só tem a aumentar as chances de resultados positivos. Vamos colocar em prática?

Newsletter VX Comunicação

Que tal receber algumas recomendações de conteúdo personalizadas para você?

Qual seu interesse por marketing?