Que tal receber algumas recomendações de conteúdo personalizadas para você?

Qual seu interesse por marketing?

Tecnologia

A realidade aumentada como ferramenta de Marketing

31 outubro, 2019

Cada vez mais os profissionais de marketing estão focados no papel da tecnologia para o marketing digital. O conjunto de inovações tecnológicas, ferramentas e metodologias faz com que muitas oportunidade surjam todos os dias, transformando a maneira como as marcas se aproximam e abordam os seus consumidores. Entre elas, está a realidade aumentada, elevando a experiência do cliente a novos patamares. 
De acordo com uma pesquisa realizada pela Goldman Sachs, acredita-se que até 2025, o setor de realidade aumentada aplicado a experiência do cliente crescerá ao ponto de atingir a fatia de 80 bilhões. Diante disso, que tal conhecer um pouco mais sobre essa ferramenta?

O que é a realidade aumentada?

É uma tecnologia que permite a junção do mundo real com o mundo virtual através de um dispositivo eletrônico. É quando objetos digitais se sobrepõem às imagens reais, ou seja, a integração de dados virtuais com ambientes reais.

Se está buscando um exemplo na prática, basta lembrar-se do fenômeno causado pelo Pokémon Go, que proporcionou a experiência de um jogo totalmente imersivo e inovador.

Esse tipo de interação rompe as barreiras da dimensão física ou digital, unindo os conteúdos gerados pelo meio tecnológico com os objetos que nos cercam.

Quando falamos em realidade aumentada, é importante ter em mente que esse conceito é muito diferente do conceito de realidade virtual. Esta última diz respeito a um ambiente de imersão desenvolvido por computadores, no qual é necessário o uso de óculos especiais para imergir e interagir. Já na realidade aumentada, trabalhamos com a realidade em que vivemos, o real mundo físico, sem a necessidade de qualquer aparato.

Onde pode ser aplicada?

A realidade aumentada já vem sendo aplicada em muitos setores do mercado. A ferramenta se mostra especialmente útil para o mercado publicitário, no qual busca criar novas maneiras de gerar experiência para seus consumidores. Separamos algumas delas como exemplo:

Divulgação 

O Snapchat é um ótimo exemplo para essa utilização, já que é considerado referência no uso de realidade aumentada desde que lançou o uso dos filtros. 

Algumas empresas souberam exatamente como se aproveitar dessa febre e promoveram parcerias de sucesso para divulgação de filmes. Para o lançamento de “Batman V Superman”, a rede social criou filtros que transformavam seus usuários em personagens do filme. 

Já com a estreia de “Guerra Infinita: Ultimato”, o Snapchat divulgou um filtro no qual era possível colocar o Thanos dançando sob qualquer ambiente.

Experimentação 

Muita empresas vem investindo na abordagem “experimente antes de comprar” nas suas campanhas de publicidade. A Maybelline, por exemplo, ao lançar uma nova linha de esmaltes, forneceu um app para que as usuárias pudessem experimentar as cores antes de comprá-los.

Já imaginou testar se os móveis que você quer comprar combinam com as cores da sua sala e se encaixam de maneira correta no ambiente? A Ikea, empresa de móveis e acessórios, criou um app – IKEA Place – que permite aos usuários acessassem seu catálogo de produtos e colocarem virtualmente os móveis em qualquer espaço.

Outro exemplo vem do setor de vestuário. Recentemente, a Amazon patenteou um espelho de realidade aumentada. O dispositivo possui uma câmera que projeta sua imagem na tela e te veste com roupas selecionadas. Assim, ao olhar no espelho, é possível fazer combinações e visualizar como a roupa ficará.

Interações 

A realidade aumentada também pode ser usada para promover interações em diferentes lugares. Já esteve em algum lugar que solicitava o uso de QR Code? Muitos pontos turísticos vêm utilizando essa ferramenta como uma espécie de guia virtual. Com ele, é possível dar informações históricas, dicas de outros lugares para serem visitados e até mesmo traçar uma rota até outro ponto de seu interesse.

Os museus são exemplos de outros locais onde essa tecnologia vem sendo empregada. O Museu Nacional de Cingapura é um desses casos. Ele possui uma exposição interativa muito popular, chamada Story of the Forest, que permite aos usuários caçarem e capturarem plantas e animais em uma coleção de desenhos e pinturas. Já os visitantes do Museu Nacional de História Natural em Lisboa podem sobrepor sua pele sobre os ossos que estão alojados na coleção desde 1881.

Cases

A realidade aumentada tem o potencial de transformar a forma como as empresas interagem com seus clientes. Assim, os primeiros a adotar essa tecnologia terão uma vantagem competitiva porque poderão desenvolver formas inéditas de engajar os clientes. Abaixo estão alguns exemplos de cases de diferentes nichos que souberam como se destacar dentro do seu segmento:

Lego

A famosa marca de brinquedos lançou uma linha chamada “Lego Fusion”, na qual é possível integrar o mundo real ao virtual. Para ter acesso a essa funcionalidade basta instalar um dos quatro apps – Town Master, Create & Racer, Battle Towers e Resort Designer – e utilizar a câmera do aparelho.

Ao mirar a câmera para as construções de lego, o app faz a leitura e transforma as construções em uma cidade virtual, com direito até a personagens interagindo. E as novidades não param por aí! Feito isso, você entrará em uma espécie de jogo, com objetivos e interações que devem ser realizadas no meio virtual e no real.

National Geographic

No meio do metrô de Londres, a produtora de revistas e documentários sobre o mundo animal lançou um aplicativo de AR em que as pessoas poderiam “nadar” com os golfinhos, ir à procura de dinossauros ou, ainda, ter uma chita como animal de estimação.

Cerveja Leuven

Com a proposta de combinar cerveja com entretenimento, a cervejaria artesanal Leuven, inovou em seus rótulos com realidade aumentada. A tecnologia pode ser ser vista nos estilos Golden Ale, Red Ale e IPA.

Para conferir os efeitos, o consumidor deve fazer o download do app “Cerveja Leuven AR” e apontar o smartphone para os rótulos das garrafas. Com ele, os personagens que estampam o rótulo físico das garrafas ganham vida e movimento. Em ambiente virtual, os novos rótulos também exibem informações complementares sobre os produtos, algo que não pode ser lido na versão impressa dos vasilhames. 

Conclusão

Depois de tantos exemplos, deu para notar como a realidade aumentada vem trazendo uma versatilidade incrível para os negócios no que diz respeito a experiência do cliente.

Com os avanços tecnológicos e as mudanças no comportamento dos consumidores, é preciso adotar sempre novas estratégias para seguir conquistando novos usuários.

Se ainda tá batendo uma dúvida, saiba que a realidade aumentada pode ser aplicada em todas as etapas da experiência do cliente, mudando completamente a maneira como ele conhece os produtos que você vende e interage com sua loja após a compra.

Em resumo, os benefícios da realidade aumentada associada ao Marketing são: a aproximação do relacionamento entre público e empresa, conquista de novos clientes que possam se interessar em tecnologias, otimização de vendas e criação uma maior percepção de empresa inovadora. Afinal, não dá para negar que as empresas engajadas em tecnologia são vistas com ótimos olhos pelo novo perfil de consumidor da atualidade.

E aí, deu para entender o que é a realidade aumentada e como você pode se beneficiar dela? Não fique para trás e invista nessa ferramenta.

Newsletter VX Comunicação

Que tal receber algumas recomendações de conteúdo personalizadas para você?

Qual seu interesse por marketing?